CURADORAS

Nessa 2ª edição do Fabrik+, a Semente Produções convidou um time de mulheres Maker / fazedoras para pensar com a gente o conceito de Faça Você Mesmo em quatro eixos: Consumir menos, Conectar-se com a natureza, Criar coisas novas e  Educação.  Conheça o nosso time:

Carol Cronemberguer 

conectar-se com a natureza

É física, e se tornou chef de cosméticos por ser crítica da forma como o cuidado é“vendido” por aí e de tanto fazer  seus próprios cosméticos e produtos de limpeza. Durante seu pós doutorado, estudou cosmética natural na Inglaterra, França e Bélgica, e voltou ao Brasil disposta a ajudar aqueles que querem também melhorar esse cuidado, consigo e com o planeta.

Rozeani Araujo

educação

Bacharela em Desenho Industrial pela PUC-Rio, e entusiasta da interseção entre educação e criatividade. Orienta os alunos do Instituto SENAI de Tecnologia - Automação e Simulação na concepção e realização de projetos, com prototipagens realizadas no SENAI FabLab. Neste ambiente de fabricação digital que envolve impressão 3d, corte a laser e eletrônica, experimenta diversas técnicas para desenvolver o potencial das pessoas e ajudá-las a criar sem medo do erro.

Silvana Bahia

criar coisas novas

É diretora do Olabi, organização focada em inovação social e tecnologia, por onde toca uma série de iniciativas e coordena a Pretalab. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Políticas e Economia da Informação e da Comunicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ, mestre em Cultura e Territorialidades pela UFF. Foi facilitadora da Maratona RodAda Hacker - oficinas de empoderamento feminino em novas tecnologias, co-coordenou o plano de comunicação do filme KBELA e é colaboradora da plataforma Afroflix.

Vivian Salgueiro 

consumir menos

Bacharela em Comunicação Social com habilitação em Cinema pela UFF. Pesquisadora, produtora audiovisual e entusiasta da filosofia "Faça você mesmo" para mudar a relação  com o consumo e o desperdício. Têm como um dos projetos de vida transformar o olhar das pessoas em relação ao que se é descartado. "Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma" -  Reciclar, reinventar e ressignificar, conectando pessoas, conhecimento e entusiasmo!

PALESTRANTES

Título 1

Fernanda Tosta

Jorge Lopes

É fundadora do espaço Oficina Oito, designer e pesquisadora em metodologias colaborativas, desenvolve oficinas e cursos usando processos criativos com foco no protagonismo individual e nas habilidades para vida. Atuou em diversos projetos socioeducativos como professora de marcenaria e como mentora em projetos multidisciplinares.

Pós Doc em Engenharia na área de modelos 3D na Deakin University Australia; PHD em Design Products pela Royal College of Art; Mestrado em Engenharia pela UFRJ.

Graduação pela UFRJ em Desenho Industrial; 

Pesquisador do Instituto Nacional de Tecnologia - MCTIC; Pesquisador e Professor da Pós Graduação da PUC Rio; 

Coordenador do NEXT PUC Rio - Núcleo de Experimentação Tridimensional da PUC Rio.

Mariana Pellicciari

Comunicadora e articuladora de projetos socioambientais que trabalha para disseminar mensagens que contribuam para a preservação da vida, o desbloqueio dos potenciais criativos e o florescimento das mulheres. Articula o “Roupa Livre”, onde promove alternativas ao consumo de roupas. Facilita o Ninho de Escritoras, grupo quinzenal que promove um espaço seguro para as mulheres experimentarem expressar sua identidade através da escrita. E também cuida da comunidade da Holistix, plataforma de inspiração, prática e produtos pra criar mini hábitos saudáveis.

Jairo Selles

Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, professor de Química e Químico. Trabalha há mais de 40 anos com formação de professores e projetos voltados para escolas, Pré-universitários Populares,  pontos de Cultura e o público em geral através de eventos como Universidade na Praça. Promove Exposições Interativas e Oficinas Pedagógicas.

Karin Rodrigues

Ativista de questionamento e autora do blog Por Favor Menos
Lixo. Adepta do zero waste (desperdício zero), leva uma vida com redução máxima de
produção de lixo e compartilha formas simples de fazer transições ecológicas, estimulando um novo olhar para o mundo através do questionamento.

Carol Barreto

É a mente criativa por trás da marca que leva seu nome. Fruto da união da biologia com a joalheria, a Ecojoias nasceu com a premissa de mudar o conceito do que é lixo e modernizar o conceito do que é uma joia.
Desde a idealização das peças até a criação do produto final, a designer cria todas individualmente, em um processo SLOW, onde desenvolve apenas uma coleção por ano, sem a obrigação de seguir tendências nem estações.

Simone Marinho

Culinarista, alquimista e pesquisadora alimentar a mais de 40 anos, com vários cursos envolvendo alimentação desde aspectos nutricionais, como
funcional, de cura e de transformação a nível pessoal, social e ambiental desenvolve a
culinária regenerativa, trazendo um olhar criativo, econômico e simples, utilizando alimentos agroecológicos, desconstruindo um modelo convencional de receita, que usam produtos industrializados para construir um modelo sustentável que cuide da nossa saúde e da saúde do planeta gerando apenas resíduos orgânicos, respeitando o ciclo da vida
como um todo.

Evelyn Bonorino

Consultora de moda e personal stylist, formada em jornalismo e pós-graduada em Estratégia e Qualidade. Docente de graduações e pós graduações de IES cariocas. Diretora
da Evelyn B, empresa prestadora de serviços de Marketing para Moda e Beleza com foco em comportamento de consumo e sistemas de comunicação, Tem como um dos seus maiores projetos incentivar o consumo consciente, fazendo com que as pessoas aprendam
a ressignificar o seu vestuário através do entendimento de que as roupas são versáteis e que podem e devem ser usadas de enumeras maneiras e formas e por tempo indeterminado.

Lucas Palazzo

Formado em DGEI pela UFRJ, com Pós-graduação em Gestão de Negócios pelo Ibmec e Mestrado em Sistemas de Gestão pela UFF. É sócio-fundador da Tech Trash, startup que atua com gestão de resíduos. A startup nasceu em 2017 para oferecer soluções de preservação e de redução de danos ao Meio Ambiente, tendo como missão, engajar pessoas, reciclar resíduos eletrônicos e transformar vidas ajudando a diminuir os impactos ambientais
irreversíveis causados pelo descarte inadequado de aparelhos quebrados ou em desuso.

Maria Antônia Goulart

Bacharel em Direito pela Universidade de Brasília. Mestranda em Saúde Coletiva pela FIOCRUZ. Ex-gestora pública no município de Nova Iguaçu/RJ no período de 2005 a 2010, responsável pela concepção e implementação do Programa Intersetorial de Educação Integral Bairro-Escola. Membro do Comitê Articulador do Centro de Referências em Educação Integral, do Movimento pela Inovação na Educação e da Iniciativa do Unicef do Livro Didático Digital Acessível. Co-fundadora e gestora do Movimento Down e do Laboratório de Produção de Recursos para a Educação Inclusiva e Acessibilidade Cultural Elaborando. Fellow do Programa de Aprendizagem Criativa do Media Lab/MIT.

Larissa Bispo

Larissa Bispo faz parte da equipe do Olabi, organização social trabalha para democratizar tecnologias e conhecimentos, no qual cuida da comunicação e organiza ações da PretaLab, projeto dedicado a inclusão de mulheres negras na cena tecnológica. É jornalista, mestranda na Faculdade de Educação da UFRJ e coordena ainda o Se Toca, site que reúne conteúdos relacionados às temáticas de gênero e sexualidade.

Nicole Pereira

Autodidata no aprendizado de programação e suporte de computadores e notebook, é educadora voluntária na ONG INPAR, onde seu principal propósito é ensinar e proporcionar o acesso à tecnologia para pessoas de periferias. À convite da ONG Recode, representou a Cidade de Deus no Evento Call for Code 2019 – etapa Brasil, onde sua equipe conquistou o primeiro lugar, ganhando uma vaga para concorrer no Evento Mundial. Hoje ela leva conhecimento para todos conseguirem cada vez mais ter inclusão na tecnologia.

"Vou sempre dizer que sou preta, periférica e LGBT, que vai incomodar só com a minha presença em qualquer área de tecnologia que eu esteja"

Hugo Lima

Formado como técnico em eletrônica em 2008 e estudo de engenharia da computação na UVA. Em 2014, iniciou suas atividades como empreendedor desenvolvendo e criando soluções a partir de conceitos de eletrônica, automação e modelagem 3D. Criador do projeto Afro Engenharia, com objetivo de suprir as demandas de equipamentos baratos para produções independentes e produções de cinema negro. Em 2016, juntamente com o Coletivo Siyanda, dirigiu seu primeiro curta metragem de ficção. Junto com o coletivo Siyanda possui 4 curtas metragens concluídos e produzidos com os equipamentos do Afro Engenharia.Hoje desenvolve e cria as soluções para cinema e audiovisual no Rio de janeiro.

Renata Marilon

Renata Marilon é pós graduanda em produção de moda, designer de acessórios e responsável pela marca Renata Marilon Ecojoias.

O atual projeto de sua  marca é ressignificar as cápsulas de café, as transformando em acessórios criativos e sustentáveis. 

Billy Moraes

Biólogo, pela UFRRJ. Formando em Engenharia Agrícola e Ambiental (UFRRJ). Membro dos Grupos: The Vetiver Network International; South Pacific Island Vetiver. Consultor ambiental no Rio de Janeiro para as empresas: NHR Engenharia – Porto Alegre/RS; Deflor bioengenharia – BH/MG; Águas de Juturnaíba – Araruama/RJ; Veticon Consulting – Austrália/ Paul Truong; Vetiver Antieroson – Venezuela/ Rafael Luque

Alline Cipriano

Farmacêutica com especialização em fitoterapia é sócia fundadora da Ibeji Limpeza Consciente que através de cursos, oficinas e palestras apresenta o mundo das plantas como uma alternativa de limpeza natural e de baixo impacto para nossa saude e para o planeta.

É também idealizadora e produtora da Casa da Mina, um espaço verde no RJ, dedicado a receber eventos artísticos, culturais e de cura tendo os 5 pilares da sustentabilidade e o desperdício zero como premissa.

 fabrikmais@gmail.com 

 

 21 99167-9259